Quem Perturba? (Problemas com Telemarketing)


Call Center

  Recebendo várias ligações
  de número desconhecido  
     
      Após adquirir uma linha GVT, tenho sido importunado desde o ano passado pelo número (11) 4623-8600. No começo, as ligações eram de um pessoal da GVT oferecendo seus produtos. Depois meus telefones (o fixo GVT e às vezes meu celular) apenas tocavam e não havia ninguém do lado de lá e ficavam mudos. Quando eu retornava a ligação para esse número ninguém atendia, também. Meu telefone fixo chega, hoje, a tocar mais de cinco vezes por dia em horários sempre inoportunos. Muito chato. 

     Fiz contato com a GVT em busca de resolver o problema e possibilidade de bloqueio, mas a resposta que me deram era que o número não era deles e eles não podiam fazer nada, nem bloquear o número. 

     Daí, só hoje me veio uma luz e coloquei o tal número no Google. Constatei, então, que o que vinha me perturbando não é era um privilégio meu, pois mais pessoas estavam passando por esse mesmo aperto indesejável com este mesmo número. Descobri isso graças a um site muito interessante em que o cara teve uma ótima idéia para ajudar quem está recebendo trotes ou cansado de telemarketing.

     Então, segue minha primeira dica. Caso você esteja passando por algo semelhante, não deixe de visitar o site:



Qual foi a solução do meu caso?

     Acho que resolvi finalmente, pelo menos tive a promessa que a partir de amanhã isso não vai mais acontecer (espero, pois enquanto digitava no site tocou o número maldito). 

     Consultando o número do telefone no site, vi que a maioria lá desconfiava que o tal número era realmente da GVT e as histórias eram iguaizinhas às minhas, o que me levou a ligar de novo hoje pra GVT. Só que agora eu não tinha mais dúvidas e meu discurso foi outro e fui mais persistente na afirmação.

     Resumindo, o número era mesmo GVT, como eu desconfiava,  e os atendentes (dos "n" Call Centers terceirizados espalhados por aí) não têm essa informação na tela e dizem que o número não é GVT. Conversando, acabei sabendo que eles não têm acesso pleno a todos os números que são GVT, somente a alguns (por isso dizem que o número não é GVT) e que somente a central poderia dar esse tipo de informação completa.
     
    Assim, aí vai uma segunda dica para vocês que têm telefone GVT e estão padecendo. Após ligarem pro atendimento GVT "103-25", peçam de pronto para transferir a ligação para o " SETOR DE ALTERAÇÕES". Não percam tempo explicando nada ao atendente. Não vai adiantar. Uma vez no Setor de Alterações, solicitem o "BLOQUEIO DE MARKETING" da GVT para o número que os está perturbando. 

   Pedi o bloqueio de toda e qualquer propaganda ou produtos GVT vindo deste e de qualquer outro número e espero, com isso, não passar por outra situação como esta.


Lei do “Não importune”, no DF

Essa lei para cadastro para bloqueio de ligações feitas por telemarketing no DF, que estaria sob competência do PROCON, o chamado “Não importune”, foi sancionada ( LEI 4.171, DE 8 DE JULHO DE 2008 - DODF DE 09.07.2008 ) e em vinte dias revogada pelo governador Arruda ( LEI Nº 4.233, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008 ) sob a alegação:

"A lei impede o surgimento de novos empregos no DF. Existe a possibilidade de empresas de Call Center virem para Brasília, o que pode gerar mais de 10 mil postos de trabalho. Com a lei, isso não seria possível, o que atrapalha a expansão do mercado de trabalho."


O que fazer, segundo o Procon-DF

Liguei para o 151 para saber o que fazer no caso de continuar recebendo as ligações e recebi as seguintes orientações do atendente:

1) o Procon-DF não pode fazer nada nesse sentido porque a lei do "Não Importune" não vale no DF;

2) inicialmente fazer contato com a operadora de telemarketing e pedir para não receber ligações;

3) procurar o Juizado Especial de Pequenas Causas, levando os números dos protocolos das ligações com as empresas e demais informações.

Observações
- o site do Procon-DF está desatualizado e parece sem manutenção;
- não se usa mais essa denominação "Juizado Especial de Pequenas Causas" que consta do site (com endereços e telefones errados) e foi o termo usado pelo atendente. Assim, ao ler Juizado Especial de Pequenas Causas, entenda procurar o Juizado Especial Cível de acordo com o local de sua residência;
- o site do Tribunal de Justiça está bem organizado e tem todos os endereços e telefones de contato.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Últimas postagens